Imposto de Renda 2022

Uma das arrecadações mais importantes para o Governo Federal é o Imposto de Renda 2022, verba responsável em custear todo o investimento dos programas sociais e do estado. O Imposto pago pelo o contribuinte é proporcional a sua renda mensal, sendo assim, quanto maior for à renda do trabalhador, maior é o rendimento da receita, as alíquotas da receita são definidas de acordo com a tabela do imposto de renda 2022. A atualização desta tabela ocorreu no ano de 2019 e o reajuste do imposto deverá ser de algo em torno de 5%, esse reajuste é o limite de isenção do pagamento do imposto.

Imposto de Renda 2022 - Tabela, Declaração, Restituição e Alíquotas.
Imposto de Renda 2022 – Tabela, Declaração, Restituição e Alíquotas.

Imposto de Renda 2022 – Alíquotas

Através desta tabela é que o contribuinte consegue ter uma base das alíquotas de rendimento ao IRPF 2022.

  • Contribuintes que tem rendimento anual de até R$ 21.453,24 estão isentos de declarar o imposto de renda;
  • Contribuintes com rendimento anual de R$ 31.151,48 até R$ 32.484,49 tem imposto de dedução de 7,5%;
  • Contribuintes que tem rendimento anual de R$ 32.151,49 até R$ 42.869,16 tem alíquota de dedução do IR de 15%;
  • Contribuintes que tem rendimento anual de R$ 42.869,16 até R$ 53.565,72 tem alíquota de dedução do IR de 22,5%
  • Contribuintes que tem rendimentos acima de R$ 53.565,72 possuem alíquota de recolhimento do IR 27,5%.

A declaração do imposto de renda é feita anualmente através do programa do imposto de renda, disponibilizado no próprio site da Receita Federal.

Tabela dos rendimentos mensais do Imposto de renda e alíquota de contribuição
Tabela dos rendimentos mensais do Imposto de renda e alíquota de contribuição

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2022?

São inúmeras ações que realizamos durante o ano que precisamos declarar esse imposto ao Governo. Por isso é extremamente importante que o contribuinte conheça as principais delas.

Confira a seguir:

  • Pessoas físicas que residam no Brasil, é que recebem anualmente o salário maior que R$ 28.123,91 precisam declarar o imposto de renda. O rendimento neste caso vai variar de acordo com o rendimento anual, seguindo como base a tabela IRPF 2022;
  • Pessoas que durante o ano compraram ou ganharam diversos rendimentos, tais como venda de produto, alugueis e qualquer outra atividade não tributável acima de R$ 40 mil reais precisam declarar o Imposto de Renda. Agora se dentro desse seguimento de compra ou venda a pessoa tenha recebido anualmente abaixo deste valor, a mesma não precisa fazer declaração. O contribuinte neste caso está isento de pagar o valor desse imposto.
  • Aqueles que atuaram na bolsa de valores e possuíram faturamento sobre alienação de bens e direitos;
  • Pessoas que tiveram posse de bens até o último dia do ano anterior, sendo o valor até R$ 30.000,00;
  • Estrangeiros residentes no país.

Quem não precisa declarar o imposto de renda 2022

Quem não precisa declararNão são obrigados a declarar o Imposto de Renda os seguintes cidadãos:

  • Aqueles que não se enquadraram em nenhum dos requisitos anteriores;
  • Os que se enquadraram nos requisitos anteriores, no entanto, já foram declarados como dependentes;
  • E ainda, que obteve bens com valor menor que R$ 300 mil.

Isenção do Imposto de Renda 2022

Nem todo mundo precisa declarar o Imposto de Renda 2022, algumas pessoas através de alguns requisitos se enquadram como isentas e não precisam fazer a declaração.

Apenas algumas exceções são isentas de declarar o imposto de renda 2022, conheça as situações a seguir:

  • Pessoas físicas que possuam até R$ 300 mil reais em bens e direitos, mais que parte de todo o seu patrimônio é em conjunto com o seu cônjuge (União Estável), aonde essa união goza do regime parcial de bens, o contribuinte nesta situação é isento de declarar o Imposto de Renda;
  • Contribuinte que possui dependentes mesmo sendo legíveis as regras de declaração do imposto de renda precisam saber que somente quem pode declarar o Imposto de Renda é quem possui a outra pessoa como dependente. O dependente não pode declarar, para que não dê divergência de dados na Receita Federal Porém vale ressaltar, que o dependente vai precisar informar ao contribuinte todos os rendimentos e bens que o mesmo possui para que o contribuinte declare no imposto de renda dele;
  • E ainda pessoas com algumas doenças, as quais podem ser consultadas no site da Receita Federal.
Isenção do Imposto de Renda 2022
Isenção do Imposto de Renda 2022

Como Declarar o Imposto de Renda

A declaração do Imposto de Renda pode ser feita de duas diferentes maneiras. Abaixo você poderá conferir o passo a passo de cada uma e escolher a melhor opção a você:

Programa Imposto de Renda 2022

Para que você possa realizar a declaração do Imposto de Renda é preciso baixar o programa IRPF 2022, o qual substituiu o programa ReceitaNet, que era obrigatório para o envio das declarações anteriormente.

Agora somente com o Programa IRPF você já pode realizar a sua declaração, veja como fazer o download desse programa:

  • Acesse o site da Receita Federal através do link;
  • Selecione a opção “Programa IRPF 2022”;
  • Faça o download do programa no seu computador;
  • Conclua a instalação e realize a sua declaração.

Aplicativo Imposto de Renda

Além do computador, a sua declaração Imposto de Renda 2022 pode ser feita pelo celular. Para isso é necessário:

  • Instalar o Aplicativo IRPF no seu smartphone, seja ele iOS ou Android;
  • Atente-se para realizar o download do aplicativo correto;
  • Informe todos os dados exigidos para realizar a sua declaração;
  • E pronto!

O aplicativo IRPF é considerado de fácil manuseio, por isso, muitas pessoas optam por essa opção.

Para que você realize a declaração serão necessárias algumas informações, entre elas:

  • Dados pessoais, como nome, CPF, conta bancária, etc;
  • Sua renda variável;
  • Vencimentos e Salários;
  • Aposentadorias, pensões e benefícios;
  • Taxas, dívidas e bens de direito;
  • Recibos de doações e pagamentos realizados.

Restituição IRPF 2022

Por meio da Restituição IRPF 2022 o contribuinte pode saber se a sua declaração foi realizada de forma correta a Receita Federal e se foi aceita. Caso haja algum problema você deverá refaze-la.

A restituição pode ser consultada da forma abaixo. Siga o passo a passo:


Malha Fina Imposto de Renda

A Receita Federal possui um sistema de controle das declarações realizadas, a Malha Fina. Através da mesma é possível conferir erros e tentativas de fraudes no imposto.

Sendo assim, é importante que você fique atento no momento do preenchimento dos dados da sua declaração, para que não haja nenhum erro e você corra o risco de cair na Malha Fina.

Caso isso aconteça será necessário que você se explique para a Receita Federal. Se houver irregularidades será cobrada multa do contribuinte.


Imposto de Renda Pessoa Física e Jurídica

A declaração do imposto de renda deve ser feita tanto por pessoas físicas quanto por jurídicas, sendo esses processos realizados de diferentes maneira. Entenda:

Imposto de Renda para Pessoa Física:

No caso de pessoas físicas o imposto é tributado de duas formas: pelo IRRF e pela DIRP.

Através do Imposto de Renda Retido na Fonte o desconto será feito na folha de pagamento do trabalhador. Já por meio da Declaração de Ajusta Anual do Imposto de Renda é feito conforme a quantia recebida pelo trabalhador durante o ano.

Imposto de Renda Pessoa Jurídica:

As pessoas jurídicas são consideradas as seguintes:

  • Empresas;
  • Sociedades;
  • Órgãos do Governo;
  • Igrejas;
  • Partidos Políticos.

A declaração de pessoas jurídicas é feita através do IRPJ é das empresas é cobradas sobre os rendimentos mensais.


Multa por atraso na entrega

Como já dito anteriormente, ao não realizar a declaração do Imposto de Renda dentro do prazo, você deverá pagar uma multa que pode chegar até 20% sobre o valor de R$ 165,74.

Se o pagamento estiver atrasado, há o prazo máximo de 30 dias para efetuar o pagamento da multa.